Textos




Desconfio muito da realidade. Acho que tem algo errado.
Talvez há uma grande conspiração contra mim
Talvez as pessoas que conheço conhecem um segredo que não sei
Talvez todo mundo sabe para onde vou e de onde virei
Talvez seja eu o único inocente da história
E ingênuo, talvez seja eu o único pequeno
Desconfio que o mundo está contra mim
Afim de me testar
Querem ver até onde vou chegar
Com a minha barriga inchada
Com a minha voz fanha...
Minha pele queimada
Minha cabeça estranha

Tem gente que tem medo do meu olhar
Tem gente que não suporta meu falar
Quando diz criticar
Esperam minha passividade, para não replicar

Desconfio que há uma inteligência maior que a minha
Que há um fio que liga todos num mesmo plano
Que todos estão no mesmo sonho
E que sabem a estrada onde meu desejo caminha

Quem sabe eu me torne normal
E sinta-me feliz ao ser correspondido
Ou continue como eu sempre cresci
Um ser estranho
Um homem escondido
E muito infeliz.

Lopes Dir

valdirfilosofia
Enviado por valdirfilosofia em 15/05/2014
Alterado em 15/05/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários