Textos

HOMEM DE FERRO NOIR
SCOOT SNYDER E MANUEL GARCIA
PANINI BOOKS, 2012
BARUERI - SÃO PAULO
 
            Comprei com desconfiança ao olhar na capa um Homem de Ferro diferente da imagem que sempre carreguei da infância. Ainda mais o termo NOIR. O termo eu já havia lido em algum curso de literatura norte-americana, mas até então não fui motivado a entender profundamente o que significava.
 
capa-Homem-de-Ferro-Noir.jpg

 
 
            Então li a história deTony Stark, na efervescente era americana de 30. O grande homem das edições MARVEL – As aventuras dos Grandes Homens. Em sua última aventura à busca de uma Máscara de Jade, Stark perde seu cronistaVirgil Munsey, assassinado peloBarão Strucker e seu grupo nazista.
 
            O grupo além do cientista da morte, Dr. Heinrich Zemo, tinha a bela e perigosa Dra. Gialetta Nefária, infiltrada na missão de Stark, que logo se mostraria e roubaria a Máscara.
 
1192222-______amn_20.jpg
          
  A aventura não para quando Tony descobre uma pesquisa feita pela traidora, sobre a mítica cidade de Atlântida. Nessa jornada, o leitor tem a oportunidade de seguir Tony Stark, seu fiel amigo James Rhodes e ao lado da bela Pepper Potts, nova cronista da Marvel, em busca da cidade naufragada e seu principal tesouro.
 
 
Homem-de-Ferro-noir-BANNER.jpg
           
O elemento noir acrescenta ao perfil de Stark a tradicional displicência do herói. A teimosia peculiar do personagem somado a sua figura sedutora dá ao trabalho de Snyder Garcia um valor impar. Matéria de colecionador.
 
O grande presente é o roteiro elaborado por Snyder do primeiro número da encadernação. Neste documento, acompanhando as indicações nas páginas, podemos compreender melhor a feitura do HQ, como a preocupação em dar um caráter noir á obra.
 
 
 Invejável peça para uma digna coleção de colecionador.
 
iron_man_noir_3-e1340923042767.jpg

 

valdirfilosofia
Enviado por valdirfilosofia em 13/01/2013
Alterado em 13/01/2013
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários